e

A Escolha Perfeita

stars3Pitch Perfect (2012). Escrito por Kay Cannon. Dirigido por Jason Moore. Com Anna Kendrick, Brittany Snow, Anna Camp, Rebel Wilson, Skylar Astin, Ben Platt, Alexis Knapp, Ester Dean e Hana Mae Mee.

anna-kendrick-pitch-perfect

Mesmo que às vezes pareça que vai surpreender em termos de roteiro, A Escolha Perfeita não foge da estrutura básica de filmes sobre competições musicais ou universitários. O toque de inovação fica por conta do grupo diversificado que constituiu as protagonistas do filme e da forma como elas são retratadas, mérito da roteirista Kay Cannon (que já trabalhou nas séries 30 Rock e New Girl). (mais…)

Anúncios

O Espetacular Homem-Aranha

stars4The Amazing Spider-Man (2012). Escrito por James Vanderbilt, Alvin Sargent e Steve Kloves. Dirigido por Marc Webb. Com Andrew Garfield, Emma Stone, Rhys Ifans, Denis Leary, Martin Sheen e Sally Field.

versao-oficial-25jul2011_02

Depois que Homem-Aranha 3 acabou com as possibilidades de a Sony continuar com a série nos cinemas, o estúdio, para manter a posse da franquia (seu contrato com a Marvel prevê um filme a cada, no máximo, seis anos), resolveu começar tudo de novo. O Espetacular Homem-Aranha não chega a mudar as coisas como a trilogia de Christopher Nolan fez com Batman, mas triunfa com seu retrato fiel de seu protagonista – o que, apesar de todas as qualidades dos dois primeiros filmes da trilogia de Sam Raimi e das habilidades de Tobey Maguire, a série anterior não havia conseguido. (mais…)

Espelho, Espelho Meu

stars3 Mirror, Mirror (2012). Escrito por Marc Klein e Jason Keller. Dirigido por Tarsem Singh. Com Lily Collins, Julia Roberts, Armie Hammer, Nathan Lane e Sean Bean.

mirror1

Com as cores e exuberância típicos do diretor indiano Tarsem Singh (do excelente e pouco conhecido The Fall), Espelho, Espelho Meu é uma versão moderninha e despretensiosa do clássico conto da Branca de Neve. A história, que todos nós conhecemos, abre o filme com uma belíssima animação e narração da Rainha Má (Roberts) – que já mostra aqui o cinismo de sua personagem. Essa versão difere, também, por trazer uma princesa atuante e merecidamente protagonista da narrativa. (mais…)